ARTIGOS
A gordura do bem tem lugar de honra na dieta saudável

Publicidade
Desde criança aprendemos que a gordura, ou ácido graxo, não faz bem e que devemos deixá-la de lado quando comemos picanha, frango assado, salgadinhos, entre outros alimentos. O que poucos sabem, no entanto, é que nem todas as gorduras fazem mal ao ser humano. Ao contrário, algumas delas -- como o ômega 3 e ômega 6 -- devem, inclusive, fazer parte de uma dieta alimentar saudável.

Os ácidos graxos ômega 3, como o ácido alfa-linolênico, o ácido eicosapentanóico e o ácido docosahexanóico, são um tipo de gordura poli-insaturada que o nosso organismo não consegue sintetizar e sem os quais ele não funciona adequadamente. Por essa razão, o ômega 3 é considerado essencial pelos médicos e deve ser incluído na dieta alimentar, assim como o ômega 6.

Segundo o médico nutrólogo Dr. Paulo Giorelli, da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), a ingestão do ômega 3 auxilia na diminuição dos níveis de triglicerídeos e colesterol total, além de melhorar a circulação sanguínea e aumentar a imunidade. "Este ácido graxo também é um importante mediador de alergias e processos inflamatórios, e deve ser ingerido por pessoas que se exercitam regularmente", explica o nutrólogo.

Estas gorduras saudáveis podem ser encontradas em alimentos como nozes, que possuem ômega-6, nos óleos vegetais e em peixes gordurosos, encontrados em águas fundas como salmão, atum, anchova, sardinha e arenque, fontes de ômega 3. "Entretanto, é importante lembrar que o ômega 3 dos alimentos deve ser consumido como parte de uma dieta equilibrada e que, se ingerido em excesso, pode ser prejudicial à saúde, retardando a coagulação sanguínea", ressalta.

Confira abaixo os tipos de gordura e os alimentos nos quais elas são encontradas:

1) Trans-saturadas - Presentes em batata-frita, margarina e biscoitos amanteigados. Não trás nenhum benefício e aumenta o colesterol e risco de doença cardíaca. Evite-os.

2) Gorduras Saturadas - Presentes em carnes gordas, laticínios e coco. Alguns tipos de gordura saturada encontradas em bife e manteiga podem entupir suas artérias. Limite-as a menos de 10% do total de sua ingestão de calorias.

3) Omega 6 - Presente em óleos vegetais, sementes e nozes. Pode reduzir o LDL e o colesterol total, mas alto consumo pode abaixar o do benéfico colesterol HDL. Limite a 10% do total de sua ingestão de calorias.

4) Omega 3 - Presente em peixes gordurosos, óleos vegetais e nozes. Abaixa o nível de triglicérides e o colesterol total. Alto consumo pode retardar a coagulação sangüínea.

5) Gorduras Mono-insaturadas - Presentes em azeite de oliva, abacate, amendoim. Abaixa o LDL e o colesterol total. Ingira a maior parte de gorduras desse tipo.

(Fonte pesquisada: Runner's World Magazine)




Sobre a ABRAN


A ABRAN - Associação Brasileira de Nutrologia - é uma entidade médica científica, reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina. Fundada em 1973, dedica-se ao estudo de nutrientes dos alimentos, decisivos no diagnóstico, na prevenção e no tratamento da maior parte das doenças que afetam o ser humano, as enfermidades nutricionais. Reúne 3.200 associados, médicos nutrólogos, cientistas, pesquisadores e profissionais na área de nutrição, que atuam no desenvolvimento e atualização científica em prol do bem estar nutricional, físico, social e mental da população.





Fonte: Dr. Paulo Gorelli (ABRAN)
  
Publicidade/Links patrocinados
SAIBA MAIS...
 
 
Sobre o Portal Nutrição  Fale conosco  Anuncie
©2004 . Todos os direitos reservados.